Hoje mandei digitalizar mais um rolo de filme. Esse tinha fotos desde dezembro até o final de fevereiro/início de março. O bom do filme (principalmente pra mim, que só fotografo certas ocasiões com filme) é que é sempre uma surpresa. Ver como a foto ficou, a ansiedade de ver o resultado, a composição e tudo mais é sempre uma boa sensação. Mas às vezes é complicado ver uma foto que tu tirou há meses atrás e pensar "por que diabos eu fotografei isso?"

Quando eu peguei as fotos desse rolo, fiquei com um misto de alegria (pelas boas fotos) e decepção, por algumas não terem saído como eu queria e por ter "desperdiçado" algumas poses com besteira.

A parte boa disso é que no laboratório que eu mando digitalizar as minhas fotos, eles te dão de graça outro rolo de filme sempre que tu busca as fotos prontas. Sejam elas digitalizadas ou reveladas. Então terei outra oportunidade de fotografar e aprender mais e mais a compor e não perder as poses, rs.

(P.s: não recebi nadica de nada e nenhum descontinho pra fazer a propaganda do laboratório. De nada, Cine Foto JM!)

Queria muito que as fotos que tirei no CCBB na exposição "Mestres do Renascimento" tivessem ficado mais focadas. :(

Edit: Aqui estão algumas fotos que tirei na Nikon FM10 do meu amigo Thiago Alves Vieira. Primeira vez fotografando com uma Nikon analógica! OMG!

Comment